ESGRIMA

A Esgrima é uma modalidade olímpica e de grande tradição no GCP, com a participação de diversos atletas do Clube em várias edições dos Jogos Olímpicos.

É um desporto que evoluiu da antiga forma de combate, em que o objetivo é tocar no adversário com uma lâmina ao mesmo tempo que se evita ser tocado por ele. 

Existem três disciplinas na Esgrima: o Florete, a Espada e o Sabre, diferindo não só no formato da lâmina mas também nas zonas do corpo onde um toque é válido, para além da forma como as armas funcionam.

FLORETE: Exige uma maior precisão nos toques, pois apenas são válidos toques no tronco, excluindo os braços. O primeiro a atacar tem prioridade sobre o outro, obrigando-o a responder.

ESPADA: São permitidos toques em qualquer parte do corpo e o primeiro esgrimista a tocar marca ponto. Apenas os toques de ponta são válidos.

SABRE: É uma arma que protege mais a mão, pois são válidos toques de ponta, e qualquer parte da lâmina, como gume e contra gume. O esgrimista apenas pontua se tocar no tronco, braços ou cabeça do adversário e tal como o florete é uma arma convencional.

No GCP, a Esgrima tem quatro níveis de prática: Formação: 6 aos 10 anos, com a iniciação à esgrima, privilegiando o trabalho de preparação física geral e de cariz lúdico-pedagógico. Competição Base e Competição: a partir dos 8 anos, com um treino já mais especializado para a competição, havendo a tendência progressiva para a especialização em uma das 3 armas. O treino contempla a preparação física geral, bem como específica. Masters: para praticantes de idade adulta, que engloba desde a iniciação (para quem nunca praticou) até à competição de veteranos.

HORÁRIO
CARTÃO GOLD
IDADE
HORAS
DIASGINPROFESSOR
+1819:30 / 21:302ª,5ª02Joana Viães
 
APOIOS INSTITUCIONAIS
PARCEIROS